PIMENTA RECHEADA COM QUEIJO! Você não faz ideia de como fica deliciosa essa pimenta!!! Experimente e comprove! EU AMO!!! (veja como fazer)

Postado por , no dia 27 de julho de 2018 em Sem categoria
Captura de Tela 2018-07-27 às 22.29.31

Modo de Preparo

Ingredientes
  • Pimentas dedo-de-moça (as maiores que encontrar)
  • queijos da sua preferência ralados (usei mussarela, provolone e reino Palmyra)
para a massa:
  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • sal à gosto (e/ou temperos secos que preferir)
  • pimenta do reino à gosto
para empanar:
  • 1 ovo + um pouco de água bem misturados
  • farinha de rosca (o quanto baste)
Modo de Preparo
Essa receita começa lá na hora em que você escolhe as pimentas no mercado ou quitanda. Escolha as maiores que encontrar, para que caiba bastante recheio. E de preferência, todas de tamanho parecido também.
Pimentas já escolhidas, agora coloque uma luva ou saquinho plástico nas mãos (isso é MUITO IMPORTANTE, pois o ardor da pimenta pode “queimar” suas mãos e deixá-las ardendo pelo dia todo, sem contar que você pode coçar os olhos e o nariz com essa mão, e fica tuuuudo ardendo! kkk).
Luvas à posto, abra a pimenta cuidadosamente com a pontinha da faca, no sentido longitudinal, sem abri-la totalmente. Apenas o suficiente para conseguir tirar suas sementes.
Com uma colherzinha pequena, retire as sementinhas e a membraninha, que é aquela parte branquinha que segura as sementes (ela também é muito ardida).
Agora devemos fazer outra etapa muito importante na nossa receita: branquear as pimentas: esse processo consiste em jogar as pimentas na água fervente, e logo que a água voltar a ferver, deixar por um minuto ali:
logo em seguida colocar na água bemmm gelada (com bastante cubos de gelo), o meu gelo já havia derretido, mas a água ainda estava bem gelada. Repita esse processo de 3 a 5 vezes.
Para o recheio usei uma mistura de 3 queijos que já tinha aqui em casa: usei o reino, provolone e muçarela. Use os que quiser, ou apenas um, ou outros recheios como carne moída (temperada e crua, linguiça fresca sem a pele, etc.)
Pegue a pimenta já branqueada (repeti o processo de branqueamento por 4 vezes) e vá recheando com o queijo e aperte bem. Recheie bem, mas não demais. Apenas o suficiente para encher a pimenta, mas ela ainda fechar e manter seu formato.
Reserve. Se quiser facilitar o processo seguinte, coloque as pimentas no congelador separadas.
Agora iremos fazer uma massa cozida (estilo a de coxinha, risoles) para evitar que as pimentas estourem na hora de fritar, e também para facilitar o empanamento das mesmas. Anteriormente tentei só empanar as pimentas após recheá-las e o resultado não foi tão legal quanto esse que vou mostrar agora :)
É coisa bem rápida e sem complicação, olha só:
Coloque o leite, a água, a margarina e o sal/temperos na panela e coloque no fogo.
Misture a farinha de trigo com o queijo ralado, e assim que a mistura da panela levantar fervura, adicione essa farinha toda de uma só vez e com uma colher mexa bem sem parar.
Vá mexendo (hora de mostrar que tem “muque”!) até que a massa solte do fundo da panela e não esteja mais com muitos gruminhos.
Jogue a massa numa superfície fria e limpa e com a própria colher vá sovando-a, ainda bem quente para desfazer qualquer gruminho que soltar. Depois que der uma leve esfriada, dê uma sovada com as próprias mãos. Essa parte da sova é muito importante para que a massa não crie rachaduras e estoure na hora de fritar.
Com um rolo, abra a massa na espessura de 0,5cm (para não grudar coloque um plástico por cima da massa).
Com um copo ou cortador redondo vá cortando a massa na quantidade de pimentas que você tiver (se sobrar massa, faça risoles ou bolinhas de queijo :) ).
Peque cada disco de massa e com as mãos abra um pouco mais até que fique num formato mais oval. Ainda com a massa aberta na mão, pegue a pimenta e coloque-a com a parte aberta (do recheio) para baixo, para que ela esteja completamente coberta de massa. (esqueci de fotografar essa etapa)
Feche bem e vá retirando o excesso de massa. Certifique-se de que ficou tudo bem fechadinho, e deixe o cabinho de fora para dar um charme. Faça isso com todas pimentas que tiver. Eu fiz com 20 pimentas relativamente grandes e ainda sobrou massa.
Agora é a hora de empanar. Misture bem um ovo grande com um pouco de água, passe as pimentas e em seguida passe na farinha de rosca. Apenas uma vez é suficiente. Se quiser pode temperar tanto a farinha de rosca quanto o ovo.
Olha que coisa maravilhosa nossas pimentinhas já prontas para serem fritas:
Se desejar congelá-las, coloque-as separadas numa assadeira e leve-as abertas ao freezer ou congelador. Assim que estiverem bem congeladas, coloque-as em saquinhos fechados. Dura uns 3 meses congelado. Assim que quiser comer, é só retirar e fritar em óleo quente até dourar.
Se fritar as pimentas ainda congeladas, após retirar do óleo espere alguns minutinhos para comer, pois senão ainda estarão geladas por dentro. Ao esperar um pouquinho, o calor de fora vai passando pra dentro e termina de derreter o queijo (mas ele não fica tããão derretido – vide foto)
Se não estiverem congeladas, apenas frite até dourar e sirva! Só cuidado para não queimar a língua com o queijo toooodo derretido!
Bom apetite! Se gosta de comidinhas de buteco  e de pimentas, não deixe de testar em casa!
E reiterando, não fica nem um pouco ardido, pode até acompanhar com um molhinho de pimenta! (só perto do cabinho que pode estar levemente picante, mas muito pouco).
Ingredientes
  • .
Imprimir ou Salvar
Esta Receita
Envie pelo
Whatsapp
Comente nesta receita

Busca

Novidades

Área de Assinantes

Meu Livro de Receitas
Faça o seu login abaixo para listar suas receitas

Esqueci minha senha
Quero me registrar

Categorias

Curta no Facebook

-->