A comunicadora foi além e disse que está fazendo tudo o que tem que ter feito. Tudo foi dito ao vivo por Ana, que chegou a chorar na transmissão ao vivo feita no Instagram.

A lembrança do sequestro e da mostre de Rodrigo de Pádua

Gustavo acabou atirando contra o sequestrador após ele entrar no quarto de Hickmann, em um hotel em Belo Horizonte. Giovana Oliveira, assessora da apresentadora e mulher de Gustavo, estava no local. Ela chegou a ser ferida pelos disparos que o fã teria efetuado, antes do cunhado de Ana ter o assassinado. Irmão de Alexandre Corrêa, marido da apresentadora, o cunhado de Ana deu três tiros em Rodrigo de Pádua, fã alucinado que fez a invasão.

‘Fiz o que tinha que ser feito’, diz cunhado de Hickmann

O delegado que apurou o caso, Flávio Grossi, alegou que o cunhado de Ana agiu em legítima defesa. No entanto, o Ministério Público investiga a ação. Gustavo diz que tinha que ter feito e que, do contrário, não teria mantido ele e toda a sua família vivos.